Neste video Miguel Regedor defende que a utilização de software livre é a opção correcta para as escolas portuguesas.

Uh oh, it looks like your embed code is broken

Estas são as principais razões pelas quais as escolas do nosso país devem usar exclusivamente Software Livre:

Partilha

As escolas devem ensinar o valor da partilha dando o exemplo. O Software Livre apoia a educação, permitindo a partilha de conhecimento e ferramentas.

Com o Software Livre, a partilha dos programas não é apenas autorizada, é encorajada.

Responsabilidade Social

A informática tornou-se parte essencial da vida quotidiana. A tecnologia continua a transformar a sociedade muito rapidamente.

Os alunos tem de ser preparados para participar numa sociedade digital, por isso as escolas devem dar-lhes as competências para que estes possam controlar as suas próprias vidas.

O software não deve estar sob o poder de uma única empresa que toma decisões unilateralmente e que ninguém pode mudar. As escolas não devem permitir que empresas de software proprietário possam impor o seu poder sobre a sociedade e o seu futuro.

Independência

As escolas têm a responsabilidade ética de ensinar, não de criar dependência de um único produto ou de uma empresa específica.

Ao utilizar Software Livre, a escola ganha independência de interesses comerciais.

Aprendizagem

Para estudantes realmente interessados pela área da Informatica. O Software Livre significa que os alunos são livres para estudar como os programas funcionam e aprender a adaptá-los para suas próprias necessidades.

Aprender sobre Software Livre também ajuda a estudar a ética de desenvolvimento de software e a prática profissional.

Economica

Esta é uma vantagem óbvia que vai chamar a atenção de muitos administradores escolares. Devido à possibilidade de distribuição dos programas sem qualquer custo, as escolas podem realmente ajudar as famílias que enfrentam problemas financeiros, promovendo a equidade e a igualdade de oportunidades de aprendizagem entre os estudantes.

Qualidade

Estável, seguro e fácil de instalar. A excelência do desempenho é um benefício secundário, o objetivo final é a liberdade dos utilizadores.

Um programa de software é Livre quando o seu utilizador tem quatro liberdades essenciais:

  • Liberdade 0 é a liberdade de executar o programa.
  • Liberdade 1 é a liberdade de estudar o código fonte do programa e de o alterar.
  • Liberdade 2 é a liberdade para ajudar o seu próximo, ou seja, liberdade para fazer e distribuir cópias do programa em qualquer momento.
  • Liberdade 3 é a liberdade de contribuir para sua comunidade, isto é, a liberdade de fazer e distribuir cópias das suas versões modificadas do programa.

Referencia: http://www.gnu.org/